Um dos primeiros passos do planejamento financeiro é a criação de orçamentos pessoais.

Planejar e ficar dentro do limite dos seus orçamentos pode te ajudar a ficar fora das dívidas, poupar dinheiro e até investir! O fato de se organizar dentro da sua realidade e conseguir manter seu planejamento pode melhorar muito sua relação com o dinheiro.

Certo, agora que você já sabe a importância de um orçamento pessoal, provavelmente você quer saber: como monto um?

Saiba quanto você ganha e gasta

É essencial primeiro saber quanto você ganha e quanto disso você gasta e em quais categorias de gasto.

Sabendo quais são seus gastos (e você tem que analisar um a um), você pode entender como fazer para ter dinheiro sobrando.

Se você já consegue fazer sobrar dinheiro no final do mês e tem apenas o intuito de reduzir alguns gastos desnecessários para uma meta específica, planeje o seu orçamento pessoal com essa finalidade.

Se você tem dívidas, não consegue poupar e nem sabe por onde começar, você provavelmente precisará fazer alguns sacrifícios para poupar, como diminuir algumas atividades, compras de itens supérfluos etc. Talvez você também precise pensar em como fazer renda extra.

Elaborando seu orçamento pessoal

Elaborar seu orçamento pessoal, agora que você já sabe quanto gasta por categoria, é mais simples do que parece.

Você pode fazer isso em caderneta de gastos, planilhas financeiras ou apps de controle financeiro, como o Fortuno. No app você consegue alterar os orçamentos por categoria mês a mês, o que é muito dinâmico e prático.

O Fortuno ainda te avisa com notificações quando você está para atingir seu limite de orçamento pessoal ou se já ultrapassou.

É importante ter esse registro para que você não se perca e consiga sempre lembrar que tem um limite e, quanto mais longe desse limite você ficar, melhor é para sua saúde financeira. Portanto:

  1. Escolha as categorias que você precisa criar orçamentos;
  2. Veja quanto você poderia gastar em cada uma para ainda sobrar um pouco no final do mês;
  3. Registre seus limites de orçamento;
  4. Se comprometa a ficar abaixo do limite que você estabeleceu.

Revise seu orçamento pessoal periodicamente

Tão importante quanto criar um orçamento pessoal é revisa-lo.

As finanças mudam muito rapidamente. Um momento ganhamos mais, outros menos. Gastamos mais, gastamos menos.

Portanto você precisa sempre revisar o que planejou, porque essas metas mudam com muita frequência.

Privacy Settings
We use cookies to enhance your experience while using our website. If you are using our Services via a browser you can restrict, block or remove cookies through your web browser settings. We also use content and scripts from third parties that may use tracking technologies. You can selectively provide your consent below to allow such third party embeds. For complete information about the cookies we use, data we collect and how we process them, please check our Privacy Policy
Youtube
Consent to display content from Youtube
Vimeo
Consent to display content from Vimeo
Google Maps
Consent to display content from Google
Spotify
Consent to display content from Spotify
Sound Cloud
Consent to display content from Sound